Qual o melhor sapato para dirigir?

Tratando-se de dirigir, todo cuidado é pouco. Muitos cuidados devem ser tomados, dentre eles o tipo de calçado que você está usando. Mas qual o melhor sapato para dirigir? Segundo o artigo 252 do (CTB) Código de Trânsito Brasileiro: “…é proibido dirigir usando calçado que não se firme nos pés ou que comprometa o uso dos pedais, como chinelo de dedo, tamancos ou outro calçado que não tenha as tiras presas atrás dos calcanhares…”.

Sendo assim, sapatos para dirigir devem ser seguros, caso contrário o motorista pode ser multado, perdendo 4 pontos na carteira e sendo obrigado a pagar uma multa de R$ 85,13.

Usando o sapato ideal você corre menos riscos de provocar um acidente, mas caso o mesmo aconteça igual é importante estar em dia com o licenciamento 2020, ele é um imposto que deve ser pago todos os anos junto ao IPVA. O seguro obrigatório é utilizado em casos de acidentes de trânsito, quando há alguma vítima, a mesma tem direito a indenização, para cobrir suas despesas médicas.

Então, quais os sapatos indicados para dirigir? Algumas dicas podem lhe ajudar:

  1. Os sapatos devem ser bastante confortáveis. Além disto, com eles deve-se conseguir acionar os pedais e freios sem nenhuma dificuldade. Então procure modelos que sapatos que não deixem os movimentos dos pés limitados, permitindo dirigir perfeitamente.
  2. Caso haja necessidade de se usar um sapato social, pouco confortável para algum evento e você precisar dirigir, não se arrisque. Vá com outro par de sapatos bem confortáveis e depois troque pelos que você precisa usar.
  3. Chinelos, rasteirinhas ou qualquer tipo de calçado que não dê firmeza aos pés jamais devem ser usados. Corre-se o risco de o pé escorregar e um acidente acabar acontecendo.
  4. Observar a sola dos calçados também é muito importante. Elas não podem de maneira alguma grudar no tapete de borracha do veículo. Se isso acontecer você pode acabar pisando sem querer no acelerador e perder o controle do seu carro.
  5. Sapatos de salto alto? Jamais. Os saltos deixam os pés sem um ponto de equilíbrio certo, além de atrapalhar o contato com os pedais. Se não existir um par reserva de calçados confortável no carro é melhor que se dirija descalço que com salto alto.
  6. Solas grossas também dão um grande problema. Isso porque por serem grossas são consequentemente duras, e isto desfavorece a sensibilidade e dificulta o contato com os pedais.
  7. Dirigir descalço também pode ser um ato perigoso, e inclusive é proibido em muitos países. Portanto, podendo evitar melhor.
  8. Tênis de tecidos são os mais indicados para dirigir. A sola deve ser fina a média. Por serem bem fechados dão segurança, mas não limitam os movimentos dos pés.
  9. As alpargatas, sandálias e rasteirinhas são muito indicadas para dirigir, desde que a textura da sola não seja escorregadia.

O Licenciamento Alagoas é um imposto destinado a todos os motoristas, o qual deve ser pago obrigatoriamente, tendo seu valor entre R$ 45,00 e R$ 180,00, o que irá depender do seu veículo.

Conclusão

Não existe um calçado correto, como se fosse o padrão. Você pode dirigir com calçados que você tem em casa, desde que lhe forneçam a segurança e sigam as dicas que lhe demos acima.

Solas flexíveis e antiderrapantes e sapatos fechados. Esta é a fórmula. O modelo do melhor sapato para dirigir quem escolhe é você.

O que fazer depois de comprar um carro

Você encontrou um carro novo, fez um ótimo negócio, e você está preparado para dirigir as rodas dos seus sonhos para os próximos cinco anos ou mais. Bem, não é assim tão simples.

Há mais algumas coisas que você precisa fazer antes que seja legal atingir a estrada. Felizmente, eles são bastante fáceis, e há muita informação disponível para ajudá-lo através dos processos.

Resultado de imagem para comprar um carro

Como fazer o cadastro do licenciamento

Você não pode conduzir legalmente na via pública até que seu carro esteja devidamente registrado com o IPVA 2020 em dia, mas se você comprar um carro novo ou usado de um revendedor, eles geralmente o ajudarão com a papelada para que você tenha pelo menos um registro temporário antes de deixar concessionária.

Em alguns estados, você pode completar todo o processo e obter placas no revendedor. Em outros, eles solicitarão o registro, e você receberá suas placas no correio algumas semanas depois. Ainda assim, outros exigem que você faça uma viagem ao Departamento de Veículos Motorizados (DMV) para finalizar o registro.

Se você comprar o carro de uma festa privada, você certamente terá que ir ao DMV para finalizar a transferência do título e registrar o carro. Você também quer certificar-se de que o vendedor faça sua parte na liberação de seu pedido de título, para que você possa provar que você não é responsável por quaisquer passagens ou multas adquiridas antes de possuir o carro.

Quando você vai ao DMV, esteja preparado para pagar até várias centenas de dólares para registro, dependendo do estado. Você quer ter o título ou os documentos de empréstimo se você financiou o carro e o credor está segurando o título. Você também precisará mostrar prova de seguro, um teste de emissões completo e / ou um relatório de inspeção de veículos na maioria dos estados.

Claro, o serviço não é gratuito. Eles geralmente cobrarão uma taxa do IPVA 2020 Paraná, ou taxa de doc, pelo tempo que gastar na papelada.

Muitos DMVs exigirão que você tenha várias formas de identificação, pelo menos uma delas é uma identificação com foto emitida pelo governo. Você também deve tomar uma prova de endereço atual, como uma conta de serviço público. Como um bônus para o seu problema, no entanto, muitos DMVs agora registrarão você para votar quando você estiver no escritório para uma transação importante.

Você sempre deve manter suas informações de registro no carro, a menos que você esteja em uma área de alto crime onde o roubo de sua inscrição poderia ajudar um ladrão de identidade – então você deve colocá-lo no carro sempre que estiver dirigindo. Nunca mantenha o título do seu veículo no carro.