Dicas para não errar na redação do ENEM

A redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma das partes mais importantes da avaliação. A nota deve ser sempre diferente de zero para permitir inscrições do SISU e assim conquistar uma vaga no ensino superior na rede pública. Para ter uma boa nota na parte inscrição do Enem boas dias podem ajudar. Confira a seguir.

Dicas para não errar na redação do Enem

A prova de redação é realizada no segundo dia de provas do Enem. Para alguns é a parte escrita que vai ajudar ainda mais na nota. Para outros pode deixar se ser um pesadelo se as dicas a seguir forem seguidas. Confira algumas a seguir.

Leia jornais e notícias atuais

O tema da redação do Enem é escolhido de acordo com temas de discussão recente. Alguns professores de cursinho até acertam em qual tema será cobrado de acordo com as discussões da mídia, por isso é tão importante estar antenado em jornais e revistas.

A regra é: o tema só pode ser cobrado até a data do edital. Nenhum tema abordado depois (mesmo sendo uma guerra mundial) poderá ser cobrado. Então vale ficar ligado nas notícias até as inscrições iniciarem.

Não use palavras as quais conheça o significado

Um dos maiores erros de estudantes na redação e trabalhos escolares é usar palavras para “enfeitar” os textos. A linguagem bonita não é o mais importante em uma redação do Enem e sim o uso das palavras corretas. Se não conhecer o significado da palavra não a use evite problemas.

Treine quantas vezes for possível escrevendo em casa

Treino leva à perfeição. Não espere escrever uma boa redação se não praticou. Os bons estudantes do ensino médio e concurseiros escrevem uma redação por dia para conseguir uma nota legal e melhorar a sua avaliação no concurso.

Se uma redação por semana não é possível seria interessante ao menos um treino a cada 15 dias. Assim chega-se afiado no dia da prova e não se perde tempo tento desenvolver o tema.

Ler é muito importante para a boa escrita

Leitura é crucial para escrever bem. Nosso cérebro faz associações e a leitura é a base de tudo. O segredo é ler sempre e quanto mais livros melhor de diversos tipos de segmentos.

A leitura deixa o cérebro praticar interpretação de texto e uma linha de pensamento diferenciada. Desta forma fica mais fácil desenvolver diversos temas mesmo sem ter conhecimento amplo sobre o assunto. Quanto mais rápido se desenvolver o texto melhor para não perder muito tempo.

Não se esqueça de estudar português

A gramática é muito importante para uma boa escrita. O estudo dos verbos e sua conjugação correta evita erros terríveis, em especial quando se está escrevendo uma redação para uma prova tão importante. Advérbios também são importantes de serem relembrados.

Uma dica importante é caprichar no estudo da conjugação verbal dos verbos em primeira e terceira pessoa, principalmente os irregulares. Isso ajudará a evitar os erros mais comuns em provas e perder pontos preciosos na sua redação.

Como declarar carência para o ENEM

Para participar do Enem o interessado tem que fazer o cadastro no programa, esse cadastro tem um custo, que é a taxa de inscrição, assim como a maioria dos concursos possuem, porém, algumas pessoas também são isentas, e se você pretende fazer esse ano, e caso você não tenha condições de pagar essa taxa sabe como funciona e como Declarar Carência Enem 2020. Algumas pessoas não sabem como funciona essa declaração, mas hoje iremos conferir mais informações sobre.

Declarar Carência Enem 2020

Saiba como Declarar Carência Enem 2020, que por sinal não é assim tão difícil quanto a maioria das pessoas acham, mas ocorre que o programa estabelece datas para que isso ocorra, então se você fizer fora da data você perde o direito, então não é bom deixar passar, para isso mantenha-se informado sobre essas datas o quanto antes.

Já pegou o seu Cartão de Confirmação do ENEM 2020? Veja como aqui!

É importante ressaltar que os alunos de escola pública automaticamente são isentos da taxa Enem 2020, porque eles não cobram taxa de quem estuda nessa rede. Mas para saber como Declarar Carência Enem 2020 saiba que isso é feito durante a inscrição, onde você tem a opção de “declarar carência”, depois vai ter a opção “Li e concordo com a Declaração”, é algo simples e rápido, mas é necessário entender que esse passo a passo que ensinar nas linhas anteriores se diz respeito ao pedido.

Como Declarar Carência Enem 2020

O pedido carência Enem 2020 é analisado, a administração do programa analisa o pedido de cada aluno, uns são aprovados e outros são rejeitados, por isso que é importante ter cuidado, mesmo porque a taxa de inscrição do Enem 2020 é no valor de apenas R$ 35,00, mas acontece que tem sempre aquelas pessoas que possuem condições para pagar, mas mesmo assim eles pedem a isenção. E é por isso que o programa analisa e fica sempre de olho nesses pedidos, porque nem todos merecem ser aprovados.

Declaração Carência Enem 2020 Como Fazer

Caso você tiver alguma dúvida entre em contato com o Enem, pelo telefone: 0800 61 61 61. Eles tiram qualquer dúvida, mas a declaração tem que ser feita durante a sua inscrição, vai ter toda uma área para isso e você não pode deixar para depois, porque senão você perde a oportunidade de declarar.

Veja também no site do Enem a data para Declarar Carência Enem 2020, porque passando dessa data você também perto esse direito: http://enem.inep.gov.br/index.html

Nesses programas possuem cronogramas a serem seguidos, por isso que os interessados devem se informar sobre cada um deles, porque se não a gente acaba perdendo as oportunidades. No site do Enem 2020 tem todas as informações necessárias para você, e é por meio desse site que você efetua a sua inscrição também, onde tem lá a opção para declaração carência do Enem 2020, onde você não precisa pagar a taxa no valor de R$ 35 caso o seu pedido for aprovado, caso ele não for aprovado aí sim você tem que efetuar o pagamento porque se não a sua inscrição não é confirmada.

Veja como se inscrever para Bolsas de Estudos

Inscrições Prouni 2020 – O ENEM é uma prova realizada para realizar análise da pesquisa de entendimento dos estudantes de escolas públicas e particulares de todo o Brasil, é uma das provas que serve para alcançar o candidato a mudar em uma das muitas intuições de universidades públicas e particulares.

Esse ajuste na aceitação dos estudantes nas universidades se acontece em justificativa do adiantamento da nota obtida pelo candidato no Exame Nacional do Treino Médio pelas instituições por meio de dos programas estudantis criados pelo Governo Federal.

Nesse texto iremos te aconselhar e mostrar todos os procedimentos para concorrer a alforje de pesquisas por meio de das inscrições Prouni. Confira agora!

Inscrição PROUNI 2020

O Prouni 2020 é um dos programas estudantis do Ministério da Educação, originado no ano de 2014 com o propósito de adicionar os jovens estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio por meio de bolsas de pesquisa integrais e parciais (50%) em instituições privadas de pedagogia superior.

Por meio de do Programa Faculdade para Todos (Prouni), foi aceitado o acesso ao treino superior à milhares de jovens brasileiros com sonho de corporificar uma classe e garantir um amanhã profissional, por isto vemos que a cada ano o algarismo de integrantes vem aumentando cada vez mais.

No início do programa nem sequer todas as instituições aderiram, porém com o mudar do tempo aproximadamente todas as faculdades do país já participam do Prouni 2020, essas instituições integrantes do programa recebem altivez de tributos e você conseguirá aconselhar-se quais são elas no site do Prouni.

As inscrições Prouni 2020 estão chegando e você que deseja concorrer a um alforje para sua classe precisa estar a par de das bases exigidas pelo programa

O processamento inflexível Prouni ocorre duas vezes por ano, sendo uma no primeiro período que frequentemente ficam abertas de janeiro a fevereiro e outra no de acordo com período que acontece no mês de junho.

Este processamento inflexível acontece por meio de de uma única etapa de adesão. A adesão é ensejo gratuitamente, pela internet por meio de da página do Prouni. Você que deseja associar do processamento de compilação Prouni. Confira no próximo argumento como corporificar a sua adesão Prouni 2020.

No Prouni 2020 serão realizadas duas chamadas, no qual você conseguirá conquistar o resultado por meio de da passagem do Prouni e nas instituições de treino integrantes do programa.

É fundamental a orientação dessas chamadas uma vez que se mudar o tempo outro candidato ocupará sua vaga. Os estudantes pré-selecionados nos ciclos regulares precisam aparecer as instituições de treino para comprovarem as informações prestadas na hora das inscrições Prouni.

Debate sobre reforma populariza planos de previdência complementar

A previdência social hoje conta com o serviço de Agendamento INSS através da internet. Este serviço foi criado para que o cidadão possa agendar o atendimento em uma agência do INSS de sua escolha, evitando assim filas e dificuldades na hora de ser atendido para consultas do seu benefício ou pensão.

Para maior conforto além do dia, também é possível fazer o agendamento da hora que você será atendido na agência da previdência social mais próxima de sua residência ou local de sua preferência. Lembrando que além de agendar via internet também é possível fazer isso por meio do telefone de serviços 135 cujo o atendimento é de segunda a sábado das 07:00 as 22:00, horário de Brasília.

O agendamento online será feito através do site do Dataprev http://www2.dataprev.gov.br/prevagenda/OpcaoInicialTela.view e será aberta uma janela para que você escolha entre agendas e consultar um agendamento já realizado.

O sistema é muito fácil e intuitivo, basta você seguir e digitar os dados solicitados que não terá nenhum problema durante o uso do mesmo, veja a imagem abaixo:

Sistema de Agendamento do INSS

Os dados necessários para acesso ao sistema e para agendamento do INSS são:

  • Nome, data de nascimento e NIT ou PIS/PASEP ou, para agendamento de benefício assistencial ao portador de deficiência, o CPF;
  • No caso de pensão, faz-se necessário o NIT do requerente e do falecido;
  • O número do telefone fixo ou celular e o nome da pessoa de contato (se for o caso);
  • Caso o requerimento seja feito por um procurador, o nome e o Número de identificação do Trabalhador deste.

Para os representantes de entidades conveniadas o agendamento deverá ser realizado por outro canal exclusivo, você pode acessar clicando aqui ou também se preferir consultar o seu extrato INSS na nossa homepage clicando aqui.

Seu Guia de Turismo e Curiosidades

Segunda-feira é dia de viajar aqui no Tecno. Hoje vamos pra Holanda. Vamos descobrir que lá há mais do que drogas, eutanásia, moinhos de vento, tulipas e Red Light District. Veja porque o país das tulipas está em 4° lugar em qualidade de vida no mundo.

Holanda

Nomeado originalmente de Países Baixos a Holanda é ainda uma monarquia constitucional parlamentar democrática, sua capital é Amsterdã e sua sede de governo localiza-se em Haia.

Chama-se países baixos por ser o país com a menor altitude do mundo. Amsterdã, por exemplo, está a 4 metros abaixo do nível do mar. No país como um todo, cerca de 27% de sua área e 60% de sua população estão situados abaixo do nível do mar. E uma significativa parte de seu território foi obtida através da recuperação e preservação de terras através de um elaborado sistema de pôlderes e diques.

Devido a seus valores milenares de justiça e igualdade social o país é palco de cinco tribunais internacionais: a Corte Permanente de Arbitragem, o Tribunal Internacional de Justiça, o Tribunal Penal Internacional para a antiga Jugoslávia, o Tribunal Penal Internacional e o Tribunal Especial para o Líbano. Os quatro primeiros estão situados em Haia assim como a sede da agência da UE de informação criminal, a Europol.

Habitada há mais de 100 anos, o território holandês já foi posse do império romano, francês, alemães, entre outros. Só conseguiu sua independência no século XIX, há menos de 200 anos. Mesmo assim foi um dos maiores colonizadores do mundo moderno, mantendo várias colônias nas Américas e envolvendo-se fortemente no tráfico de escravos e tendo controle quase total do comércio do novo mundo, incluindo a recém descoberta Austrália e continente da Oceania.

Sua cidade mais populosa é a capital Amsterdã, cortada por diques e canais, tem uma população de cerca de 2.8 milhões de habitantes. Entre os famosos que já nasceram na cidade estão o filósofo Spinoza e o pintor Rembrandt. Sua segunda cidade mais importante, Haia, assim, como as cidades suíças que já falamos aqui, por ser um centro político internacional, é um caldeirão cultural. Na cidade conta-se mais de 100 nacionalidades, 40% de todos os 1,8 milhões de habitantes são estrangeiros, 104 embaixadas e consulados, além de 11 quilômetros de costa e mais de 70 mil árvores.

O país atrai mais de 10 milhões de turistas por ano que buscam conhecer as singularidades da cultura holandesa. No país reina um misto de tradição milenar com modernismo, lá podem ser vistos os gigantes moinhos que um dia foram combatidos pelos honroso cavaleiro Dom Quixote de la Mancha contrastando com uma das mais avançadas políticas do mundo. Políticas que permitem o consumo de drogas de modo controlado, permite o aborto, a eutanásia, a prostituição, onde os homossexuais podem andar livremente, etc.

Sendo em questão de turismo um país de extremos, a Holanda atrai muitos jovens para o que alguns chamam de turismo das drogas. Da mesma forma, agências de viagem já vendem ‘pacotes da morte’, onde pacientes terminais, por exemplo, vão para o país onde podem passar alguns dias com uma certa tranquilidade e depois finalizar o sofrimento com a sonhada eutanásia.

Sendo qual for o motivo saiba que temos voo de ida e volta saindo de São Paulo para Amsterdã a partir de R$ 1.800,00. Por lá a moeda é o euro. A título de comparação, uma cerveja nacional custa cerca de 12 R$, o litro da gasolina custa 5,60 R$ e a latinha de refri 6,50R$.Mas não se assuste, o salário de lá é cerca de 7.000,00 R$.

Ainda em dúvida? Confira este programa no qual Amsterdã é apresentada por brasileiros que residem lá:

Qual o melhor sapato para dirigir?

Tratando-se de dirigir, todo cuidado é pouco. Muitos cuidados devem ser tomados, dentre eles o tipo de calçado que você está usando. Mas qual o melhor sapato para dirigir? Segundo o artigo 252 do (CTB) Código de Trânsito Brasileiro: “…é proibido dirigir usando calçado que não se firme nos pés ou que comprometa o uso dos pedais, como chinelo de dedo, tamancos ou outro calçado que não tenha as tiras presas atrás dos calcanhares…”.

Sendo assim, sapatos para dirigir devem ser seguros, caso contrário o motorista pode ser multado, perdendo 4 pontos na carteira e sendo obrigado a pagar uma multa de R$ 85,13.

Usando o sapato ideal você corre menos riscos de provocar um acidente, mas caso o mesmo aconteça igual é importante estar em dia com o licenciamento 2020, ele é um imposto que deve ser pago todos os anos junto ao IPVA. O seguro obrigatório é utilizado em casos de acidentes de trânsito, quando há alguma vítima, a mesma tem direito a indenização, para cobrir suas despesas médicas.

Então, quais os sapatos indicados para dirigir? Algumas dicas podem lhe ajudar:

  1. Os sapatos devem ser bastante confortáveis. Além disto, com eles deve-se conseguir acionar os pedais e freios sem nenhuma dificuldade. Então procure modelos que sapatos que não deixem os movimentos dos pés limitados, permitindo dirigir perfeitamente.
  2. Caso haja necessidade de se usar um sapato social, pouco confortável para algum evento e você precisar dirigir, não se arrisque. Vá com outro par de sapatos bem confortáveis e depois troque pelos que você precisa usar.
  3. Chinelos, rasteirinhas ou qualquer tipo de calçado que não dê firmeza aos pés jamais devem ser usados. Corre-se o risco de o pé escorregar e um acidente acabar acontecendo.
  4. Observar a sola dos calçados também é muito importante. Elas não podem de maneira alguma grudar no tapete de borracha do veículo. Se isso acontecer você pode acabar pisando sem querer no acelerador e perder o controle do seu carro.
  5. Sapatos de salto alto? Jamais. Os saltos deixam os pés sem um ponto de equilíbrio certo, além de atrapalhar o contato com os pedais. Se não existir um par reserva de calçados confortável no carro é melhor que se dirija descalço que com salto alto.
  6. Solas grossas também dão um grande problema. Isso porque por serem grossas são consequentemente duras, e isto desfavorece a sensibilidade e dificulta o contato com os pedais.
  7. Dirigir descalço também pode ser um ato perigoso, e inclusive é proibido em muitos países. Portanto, podendo evitar melhor.
  8. Tênis de tecidos são os mais indicados para dirigir. A sola deve ser fina a média. Por serem bem fechados dão segurança, mas não limitam os movimentos dos pés.
  9. As alpargatas, sandálias e rasteirinhas são muito indicadas para dirigir, desde que a textura da sola não seja escorregadia.

O Licenciamento Alagoas é um imposto destinado a todos os motoristas, o qual deve ser pago obrigatoriamente, tendo seu valor entre R$ 45,00 e R$ 180,00, o que irá depender do seu veículo.

Conclusão

Não existe um calçado correto, como se fosse o padrão. Você pode dirigir com calçados que você tem em casa, desde que lhe forneçam a segurança e sigam as dicas que lhe demos acima.

Solas flexíveis e antiderrapantes e sapatos fechados. Esta é a fórmula. O modelo do melhor sapato para dirigir quem escolhe é você.

O que fazer depois de comprar um carro

Você encontrou um carro novo, fez um ótimo negócio, e você está preparado para dirigir as rodas dos seus sonhos para os próximos cinco anos ou mais. Bem, não é assim tão simples.

Há mais algumas coisas que você precisa fazer antes que seja legal atingir a estrada. Felizmente, eles são bastante fáceis, e há muita informação disponível para ajudá-lo através dos processos.

Resultado de imagem para comprar um carro

Como fazer o cadastro do licenciamento

Você não pode conduzir legalmente na via pública até que seu carro esteja devidamente registrado com o IPVA 2020 em dia, mas se você comprar um carro novo ou usado de um revendedor, eles geralmente o ajudarão com a papelada para que você tenha pelo menos um registro temporário antes de deixar concessionária.

Em alguns estados, você pode completar todo o processo e obter placas no revendedor. Em outros, eles solicitarão o registro, e você receberá suas placas no correio algumas semanas depois. Ainda assim, outros exigem que você faça uma viagem ao Departamento de Veículos Motorizados (DMV) para finalizar o registro.

Se você comprar o carro de uma festa privada, você certamente terá que ir ao DMV para finalizar a transferência do título e registrar o carro. Você também quer certificar-se de que o vendedor faça sua parte na liberação de seu pedido de título, para que você possa provar que você não é responsável por quaisquer passagens ou multas adquiridas antes de possuir o carro.

Quando você vai ao DMV, esteja preparado para pagar até várias centenas de dólares para registro, dependendo do estado. Você quer ter o título ou os documentos de empréstimo se você financiou o carro e o credor está segurando o título. Você também precisará mostrar prova de seguro, um teste de emissões completo e / ou um relatório de inspeção de veículos na maioria dos estados.

Claro, o serviço não é gratuito. Eles geralmente cobrarão uma taxa do IPVA 2020 Paraná, ou taxa de doc, pelo tempo que gastar na papelada.

Muitos DMVs exigirão que você tenha várias formas de identificação, pelo menos uma delas é uma identificação com foto emitida pelo governo. Você também deve tomar uma prova de endereço atual, como uma conta de serviço público. Como um bônus para o seu problema, no entanto, muitos DMVs agora registrarão você para votar quando você estiver no escritório para uma transação importante.

Você sempre deve manter suas informações de registro no carro, a menos que você esteja em uma área de alto crime onde o roubo de sua inscrição poderia ajudar um ladrão de identidade – então você deve colocá-lo no carro sempre que estiver dirigindo. Nunca mantenha o título do seu veículo no carro.

Imposto de Renda – Prazo Termina em Abril

Os primeiros meses do ano é um período em que muita gente recorre aos contadores, devido às dúvidas sobre Imposto de Renda 2020. Declarar, ajustar e agendar pagamentos podem não ser tarefas muito simples, e é preciso executá-las com cuidado para não sair no prejuízo e acabar pagando taxas a mais.

Um passo importante antes de iniciar o processo é consultar a tabela do imposto de renda, já que nem todos os cidadãos com renda são obrigatoriamente contribuintes. A cobrança só é feita a pessoas que possuem uma renda anual de R$ 18.799,32 ou mais, ou seja, R$ 1.566,61 mensais ou mais.

A partir desse valor, a alíquota (percentual tributário sobre a renda) aumenta de acordo com esses dados:

  • Até R$ 18.799,32 – alíquota zero – nada é deduzido da renda.
  • De R$ 18.799,33 a R$ 28.174,20 – alíquota de 7,5% – R$ 1.409,95 são deduzidos da renda.
  • De R$ 28.174,21 a R$ 37.566,12 – alíquota de 15% – R$ 3.523,01 são deduzidos da renda.
  • De R$ 37.566,13 a R$ 46.939,56 – alíquota de 22,5% – R$ 6.340,47 são deduzidos da renda.
  • Acima de R$ 46.939,56 – alíquota de 27,5% – R$ 8.687,45 são deduzidos da renda.

Esse ano, o prazo para declaração do imposto de renda vai de 30 de março a 30 de abril. Caso o contribuinte opte pelo pagamento parcelado, a primeira parcela deve ser paga no dia 30 de abril.

Portanto, a melhor opção, mesmo para aqueles que já contribuíram anteriormente e vão apenas fazer ajustes em sua declaração, é providenciar o quanto antes o envio de seus documentos à Receita Federal.

Os contribuintes que não declararem o imposto no prazo estabelecido estarão sujeitos à multa mínima de R$ 165,74, acumulando em 1% a cada mês, podendo chegar ao valor máximo de 20% do imposto devido.

Principais funções e deveres de um mesário nas Eleições?

O mesário é uma das principais funções nas eleições, com diversas atribuições, onde as atribuições vão de acordo com as funções estabelecidas. Como falamos no artigo “como saber se fui convocado para ser mesário”, existem diversos tipos de denominações para a função: mesário 1, mesário 2, secretário, suplemento e presidente. Cada função tem suas atribuições, e é preciso entender previamente todos os atributos que envolvem o cargo para não ter dúvidas no dia das eleições.

A seguir, explicaremos quais são as funções dos mesários nas eleições SP e a importância de cada cargo no período das eleições.

Direitos e Deveres dos Mesários nas Eleições

Os mesários devem manter a ordem e cumprir os deveres estipulados pela Justiça Eleitoral. A seguir, conheça todas as funções desempenhadas dentro do domicílio eleitoral no dia das eleições 2020:

Primeiro e Segundo Mesários

  • Assinar documentos com outros trabalhadores da mesa, tal como a cédula única;
  • Entregar as células, as atas e as sobrecartas das Eleições Municipais para a Justiça Eleitoral;
  • Em caso do Presidente faltar, o mesário 1 assumem os deveres do cargo;

Secretários

  • Distribuir a senha de entrada para os eleitores, de acordo com a ordem numérica;
  • Redigir a ata da eleição;
  • Cumprir quaisquer outras funções que tenham sido designadas em seu treinamento;
  • Os secretários deverão assumir a função de Presidente caso este se ausente;

Presidente

  • Receber os votos dos eleitores;
  • Responder e tirar dúvidas das pessoas;
  • Solucionar problemas e manter a ordem no local, devendo recorrer as autoridades em cenários conturbados;
  • Repassar para a Justiça Eleitoral os papéis utilizados para a recepção dos votos;
  • Autenticar as cédulas oficiais, configurando-as de acordo com as normas do Tributal Superior Eleitoral;
  • Assinar formulários de observações dos Fiscais ou Delegados de partido;
  • Gerenciar a entrega de senhas, se atentando ao fato das senhas estarem sendo entregues em ordem numérica, da forma como tem que ser;
  • Anotar o nome dos eleitores que não compareceram na folha individual de votação;

Benefícios e Direitos de um Mesário

Se engana quem pensa que, trabalhar como mesário nas eleições, é uma perda de tempo. Além de desempenhar um papel muito importante nas eleições municipais de 2020, o mesário ainda possui alguns deveres que poderão trazer muitos benefícios. Confira quais são a seguir:

  • Dois dias de folga no trabalho por dia trabalhado como mesário, incluindo os dias de treinamento. O trabalhador não poderá obter nenhum tipo de prejuízo no trabalho por conta disso (como o desconto desses dias na folha de pagamento, por exemplo).
  • Em caso de empante em concursos públicos, o trabalho como mesário poderá ser utilizado como critério de desempate;
  • Auxílio-alimentação nos dias trabalhados;
  • A possibilidade de utilizar as horas trabalhadas como atividade curricular complementar, caso a instituição de ensino superior tenha acordo com o Superior Tribunal Eleitoral.

Como saber se eu fui chamado para ser Mesário?

Muita gente é convocada para ser mesário nas eleições e, como as eleições municipais já estão se aproximando, as dúvidas começam a aparecer.

Caso o eleitor tenha sido selecionado para ser um mesário, ele receberá em sua casa uma carta de convocação com todas as instruções necessárias e diretrizes para cumprir a função. Em alguns casos, será necessário realizar um treinamento para que a pessoa possa aprender e, no dia, desempenhar as funções designadas sem maiores problemas.

www.tse.jus.br.

Essas eleições SP apuração serão para eleger prefeitos, vices e vereadores de mais de 5.500 mil municípios brasileiros. Pesquise bastante sobre o seu candidato à presidência 2018 e suas propostas antes de votar! Lembre-se de votar com consciência e, o principal, não vender seu voto!

Dúvidas mais frequentes sobre o Fies

Existe um grande programa do Governo Federal chamado de Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), o qual oferece para milhares de estudantes de todo o Brasil a oportunidade de estudar com uma bolsa de estudo paga pelo Governo, fazendo com que o sonho de cursar o ensino superior seja realizado por milhares de pessoas que não teriam essa oportunidade.

Por conta disso, existe uma tendência natural das pessoas com menor condição social, procurarem o programa, para terem uma chance de terem uma vida melhor, com a formação do curso superior. Nesse caso, existem algumas dúvidas sobre o programa, que as pessoas costumam ter antes de se inscreverem e que serão explicadas, para quem deseja entender mais sobre esse tema.

O que é o Fies

O Fies é um programa federal, criado ainda na época do presidente Lula, o qual fornece por meio do Ministério da Educação, Bolsa para o ensino superior, para alunos de baixa renda que demostrarem um bom conhecimento, obtendo boas notas no Enem.

Esse programa tem auxiliado a milhares de pessoas, as quais, não teriam condições financeiras de cursar uma faculdade, fazendo com que elas tenham a oportunidade de obter uma formação educacional mais completa.

Quem pode se candidatar para o Fies

Para controlar o número de candidaturas nesse programa, o Governo Federal instituiu as novas regras do FIES que deverão ser cumpridas. Assim, somente pode concorrer a uma bolsa os candidatos que:

  • Façam parte de uma família com renda bruta mensal de no máximo três salários mínimos.
  • Tenham feito todo o ensino médio em uma escol a pública
  • Ter participado do Enem e obtido uma média maior do que 450 pontos e não ter zerado na redação.
  • Demostrar interesse pelo programa e enviar toda a documentação solicitada até a data limite.

Como se inscrever no Fies

Para quem deseja concorrer a uma das mais de 100 mil bolsas que o Governo Federal está disponibilizando no Fies 2018, é necessário cumprir os seguintes passos. Primeiro, se deverá acessar o site http://sisfiesportal.mec.gov.br/?pagina=faq, depois preencher todas as informações solicitadas, como por exemplo, o seu endereço, o nome completo, a escola que estudou e a renda familiar.

Um terceiro passo é enviar a documentação da sua família para o Governo, comprovando a renda informada e tendo assim acesso a esse benefício.

Por fim, caso seja selecionado, deverá confirmar a sua pré-inscrição no Fies e pedir um financiamento, junto ao banco conveniado ao programa.

Como é o processo de seleção do Fies

Para selecionar os alunos que farão parte dessa bolsa, o Governo leva em consideração alguns critérios, como por exemplo, a nota que o estudante obteve no Enem e também a condição social de cada candidato.

Assim, quanto menor for à renda de alguém, mais chance de ser selecionado para o Fies essa pessoa terá, conseguindo assim a chance de ter esse financiamento na faculdade e concluir um curso do ensino superior, um sonho para milhões de brasileiros.